sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Poema sobre Conceição Evaristo

Trabalho solicitado ao aluno João Pedro pela professora da escola SESI


                                    
Meu poema sobre Conceição Evaristo

Poemas que falam alto... poemas que gritam...
Que falam mais do que as próprias palavras escritas!
Poemas que falam até nas entrelinhas...
Falam sobre todas as coisas necessárias serem ditas!

Entre lágrimas de mulheres e as minhas...
Eu, um garoto de 10 anos, me emociono ao estudar sobre alguém que lutou e luta especialmente por:
Igualdade de raça, gênero e classe social!

Tive hoje o maior prazer em conhecer
Uma mulher doce, porém muito forte
Humilde, porém poderosa
Defensora de causas simples e até de grande porte!

Minha voz ecoa em meu coração
Ao falar de uma grandiosa mulher Conceição!
Minha alma se enche de emoção
Ao descobrir alguém de tão perfeita educação!

Nascida numa favela na zona sul de Belo Horizonte,
Com a mãe e nove irmãos... família simples e muito pobre,
Venceu todos os obstáculos da infância e juventude!
Conciliando os estudos ao trabalho de empregada doméstica!

Aos 25 anos, corajosa, deixando para trás sua terra natal
Mudou-se para o Rio de Janeiro
Onde conquistou a aprovação em um concurso público para o magistério!
Muito entusiasmada, com certeza,
Estudou letras na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Sua estreia na literatura com obras publicadas na série Cadernos Negros foi em 1990 ­­­
Cuja publicação feita pela organização Quilombhoje
Começa aí se fazer conhecer Conceição Evaristo!

É mestra em literatura Brasileira pela PUC-Rio
É doutora em “Literatura Comparada”
Ela, orgulhosamente de raça Negra
Militante do movimento negro!!

Ousada e segura de si
No dia 18 de junho desse ano
Oficializou sua candidatura à Academia Brasileira de Letras, concorrendo a cadeira de número 7, originalmente ocupada simplesmente por Castro Alves!!

Conceição aguarda ansiosa pela resposta por sua carta enviada com a frase:
"Assinalo o meu desejo e minha disposição de diálogo e espero por essa oportunidade"
Digo corajosa por ser mulher, por ser a nona delas na ABL
Digo ousada por ser a primeira Negra na ABL

Percebo que suas poesias gritam sofrimentos e dores
Pedem socorro e atenção quase o tempo todo
Nunca na condição de vítima...
Nunca na condição egoísta

Fala pouco de flores
Ao mesmo tempo é romântica!
Chora o que foi perdido
Mas não para por causa disso!

Segue em frente feito rocha
Se precisar queima como fogo,
Pelo jeito, nunca dorme
Mas o cansaço não lhe afoga!

Hoje, aos 71 anos, muito bem vividos
É a Gloriosa Conceição Evaristo
Encantado, digo:

Prazer em conhecê-la Maria da Conceição Evaristo de Brito

Autor: João Pedro
Co-autora: Cássia Alves


                                                  ______________________________

Obrigada neto João Pedro, pela oportunidade que me deu de estudar com você essa grande personalidade dos nossos tempos!!
Belos tempos!!
Sempre em tempo!!

Parabéns garoto, pelo aluno aplicado que você é...
Rezo e torço por você!
Quero estar ao seu lado...
Para aplaudir em pé o seu sucesso pela vida!!

Vá, com foco, esperança, fé em Deus e em você!

____________________________________

Obrigada e Deus abençoe a todos os leitores do Registrando emoções!
Obrigada por eu poder compartilhar com vocês, minhas emoções! Rsrs

Até a próxima!






2 comentários:

  1. Espetacular Cassia Alves!!! Sou suspeito em falar, mas conheço seu coração e suas verdades! PARABÉNS !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, achei ncrível.
    Orgulhosa de ti, de novo.
    Sou sua fã número 1.

    ResponderExcluir